Notícias

Notícias


#SeminarioFESPSP

05/10/2017

GT04 – Educação, Literatura e Sociedade

Na última mesa, coordenada pelos professores Derick Casagrande Santiago e Eliana Asche, quatro pesquisadores apresentam seus trabalhos.

As atividades do Seminário FESPSP 2017 terminaram, neste ano discutimos As Incertezas do Trabalho. Na última reunião do Grupo de Trabalho 04, na quinta-feira, 5 de outubro, os pesquisadores Kassiano César de Souza Baptista, Gabriel Battazza Lonza (PUC-SP), Camila Alves de Brito Bruno Araujo (UNESP) e Leonardo Fabricio Henrique de Oliveira submeteram seus trabalhos para discussão. A mesa foi coordenada pelos professores Derick Santiago Casagrande e Eliana Asche, ambos da FESPSP. O professor Rodrigo Rosa da Silva, doutor em Educação pela USP e mestre em História Social pela Unicamp, foi convidado para debater os temas desta mesa.

 

Em sua pesquisa intitulada “Sociologia e Literatura na sala de aula: o relato de uma experiência na Escola Estadual Professor Jair Toledo Xavier”, Kassiano César de Souza Baptista falou sobre “um projeto de aprofundamento do ensino e da aprendizagem dos alunos do segundo ano (Turmas A, B, C e D) do ensino médio, período matutino, da Escola Estadual Professor Jair Toledo Xavier, no que tange às habilidades de leitura e escrita e às possibilidades da relação das disciplinas de Literatura e de Sociologia na leitura e na interpretação de mundo por parte dos estudantes. Os objetivos gerais são que os alunos identifiquem a literatura como elemento constitutivo de uma sociedade e interpretem as dinâmicas socioeconômicas, políticas e culturais, muitas vezes antagônicas, de uma determinada época e localidade para, assim, compreender o seu modo de atuação no mundo e relação com o outro”.

 

Já o mestrando Gabriel Battazza Lonza (PUC-SP) dissertou sobre “Nísia Floresta e a educação de mulheres no século XIX, para além do espaço doméstico: educação e literatura para o mundo do trabalho”, onde verificou “a história da educação feminina no Brasil, especificamente a partir da experiência do Colégio Augusto, fundado e dirigido por Nísia Floresta Brasileira Augusta (1810-1885). Nísia Floresta Brasileira Augusta era o pseudônimo de Dionísia Gonçalves Pinto, nascida em Papari — hoje cidade Nísia Floresta — Rio Grande do Norte, em 12 de outubro de 1810. A escolha de seu pseudônimo já revela um pouco de sua personalidade.: Floresta, em referência ao lugar onde nascera; Brasileira, pela necessidade da afirmação de seu nacionalismo; e Augusta, em homenagem a seu companheiro”.

 

Camila Alves de Brito Bruno Araujo, pesquisadora da UNESP, falou sobre “Carreira docente 2.0 na era digital: relato de práticas híbridas no ensino de geografia”, sua pesquisa onde escreve: “O ritmo pós-moderno é rápido, comprimido, complexo e incerto, neste tempo as escolas quanto instituições formadoras precisam operar com uma velocidade diferente do padrão tradicional. A educação formal que transferia e adaptava a ciência bruta para o aluno na era da informação não faz mais sentindo, uma vez que o mesmo detém o acesso preciso e permanente de tais por meio digital. Por conseguinte, o objetivo da educação deve-se focar nas habilidades necessárias ao discente para atuar ativamente na sociedade, resolvendo problemas de forma colaborativa, selecionando as informações e transformando-as em conhecimento útil e prático. Dentro dessa a problemática o ensino de geografia ganha relevo frente a velocidade das transformações sócio políticas do mundo, o presente trabalho sistematizou práticas pedagógicas para docentes conforme três situações  modelos: escola sem acesso a computadores ou internet nível C; uma instituição com acesso e uso de retroprojetor pelo professor nível B e aquelas cujos alunos têm acesso à internet individualmente nível A”.

 

“Palavras Negociadas: O livro didático e a produção da subjetividade neoliberal” foi o tema de pesquisa apresentado pelo graduando Leonardo Fabricio Henrique de Oliveira, da FESPSP, em que “ enxerga o livro didático como um dos elementos centrais das narrativas das políticas públicas educacionais no Brasil, desde 1985, com a criação do Programa Nacional do Livro Didático – PNLD. Dessa forma, a pesquisa investiga a relação do livro didático com a produção dos ideais da educação como mero reduto a capacitação para o mundo do trabalho, do fomento ao mérito individual em oposição a políticas de equidade e principalmente a fabricação do homem empresário de si mesmo , resultante das experiências neoliberais que dominam o debate econômico no centro das democracias capitalistas desde a década de 1970, mas que chega ao Brasil em peso nos anos 1990. Assim, essa pesquisa reitera a ideia de que o neoliberalismo não pode ser lido apenas em sua face econômica, mas principalmente em seu âmbito ideológico, produtor de subjetividade e de uma nova gramática sobre os meios que vida deve ser gerida”.

 

Seminário FESPSP 2017

Tradicional no calendário de eventos de pesquisas acadêmicas, o Seminário FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo) na edição 2017 discutirá as Incertezas do Trabalho, em um momento singular na política nacional e no cenário global, em meio a discussões de Reformas Trabalhistas e Previdenciárias em vários países e à aproximação de uma 4ª Revolução Industrial, que já está mudando a forma como lidamos com o trabalho, de formas positivas e negativas. As Conferências, os minicursos, os grupos de trabalho e as reuniões da Cicla das 5 acontecerão entre os dias 2 e 5 de outubro, no campus FESPSP (Rua General Jardim, 522 – Vila Buarque – São Paulo/SP). Saiba mais sobre a programação e as inscrições aqui.

 



Veja Mais

Mapa do site

FESPSP
Institucional
Biblioteca
Tecnologia
Pesquisa
Extensão
Eventos
FAQ
Estude na FESPSP
Graduação
Pós-Graduação
Extensão
Debates Contemporâneos
 
2ª via do boleto/cartão
Agência FESPSP
Artigos
Comunicado
Eventos
FESPSP na mídia
Notícias
Palestras
Publicações
Seminário FESPSP 2017
Contato
Fale Conosco
Trabalhe Conosco
Localização
Ouvidoria

FESPSP nas redes sociais

FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

Rua General Jardim, 522
Vila Buarque - São Paulo - SP

11 3123 7800

© Copyright 2014 - FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

by HKL

Dúvidas?

Nós ligamos para você!

Envie seus dados através do formulário abaixo e nossos atendentes entrarão em contato com você!