Notícias

Notícias


Exposição

09/08/2017

Abertura da exposição Território Tomado contou com a participação de moradores da Cracolândia

Exposição da fotojornalista Alice Vergueiro está na FESPSP entre os dias 7 e 31 de agosto

A exposição Território Tomado, da fotojornalista Alice Vergueiro, que está na FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo), começou no dia 7 de agosto e contou com a presença de alguns dos personagens da violenta desocupação da área chamada Cracolândia, na cidade de São Paulo - o ápice da política de higienização do governo Dória, com a ajuda de órgãos repressores do governo estadual paulista, liderados pelo governador Geraldo Alckimin. A fotojornalista Alice Vergueiro esteve na região durante a ação do poder público e registrou a operação.

Apesar de tudo pelo que passaram e da emoção ao relembrarem os momentos registrados pela fotojornalista, os moradores demonstraram também toda a sua felicidade e alegria ao verem que a sua realidade e a verdadeira história daquele confronto não será esquecida, pois foi eternizada pelas lentes de Alice. O evento também contou com a presença da comunidade FESPSP e demais convidados.

Algumas das perspicazes fotos da profissional que se colocou no conflito poderão ser vistas na FESPSP até o dia 31 de agosto, na exposição Território Tomado. As visitas poderão acontecer de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h, e aos sábados das 9h às 13h. Entrada franca.

 

Veja aqui algumas das imagens da noite de abertura, pelas lentes da própria Alice Vergueiro.

 

“A exposição fotográfica Território Tomado bate como pedra. Como cassetete. Bate nos sentidos, em um sentido. Bate como estilhaço, de bomba, de luz. Bate como um selfie, da polícia. Imagem para o outro que aliena o outro. Bate como a ignorância, o marketing. Bate com certeza, propósito. Bate como baile. Como a festa que dura segundos e carrega a saudade da festa. Bate com um murro. Cinzas. Bate como uma dose. Bate com um bulldozer. Bate como uma bola de bilhar, de novo. A sinuca de sempre. A que é melhor não ver. Bate como a redenção da limpeza. Só que no meio da pedra tem um caminho, como diz o poema do Ronaldo Bressane. Então bate como pau jogado na nau dos loucos. Pelos sãos. Bate como jato d’água. Como cimento. Bate porque é em morto-vivo. Bate forte. A gente sempre sabe quem bate. E quem apanha” - Guilherme Werneck - Revista Bravo!
 

Serviço
Exposição: Território Tomado

Local: Campus FESPSP - Rua General Jardim, 522 - Vila Buarque, São Paulo/SP
Período: 7 a 31 de agosto de 2017.
Horário: Segunda a sexta-feira, das 9h às 21h. Sábados das 9h às 13h.
Entrada: Franca.
Fotojornalista: Alice Vergueiro




Veja Mais

Mapa do site

FESPSP
Institucional
Biblioteca
Tecnologia
Pesquisa
Extensão
Eventos
FAQ
Estude na FESPSP
Graduação
Pós-Graduação
Extensão
Debates Contemporâneos
 
2ª via do boleto/cartão
Agência FESPSP
Artigos
Comunicado
Eventos
FESPSP na mídia
Notícias
Palestras
Publicações
Contato
Fale Conosco
Trabalhe Conosco
Localização
Ouvidoria

FESPSP nas redes sociais

FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

Rua General Jardim, 522
Vila Buarque - São Paulo - SP

11 3123 7800

© Copyright 2014 - FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

by HKL

Dúvidas?

Nós ligamos para você!

Envie seus dados através do formulário abaixo e nossos atendentes entrarão em contato com você!