Cursos de Extensão

Cursos de Extensão

Raça, povo e nação no Brasil: do “paraíso dos mulatos” ao “cativeiro social”

< voltar

O Brasil, país situado num território que foi o epicentro da escravidão no mundo moderno, construiu, em grande medida, suas ideia de povo e de nação a partir dos suas contradições étnico-raciais. Os debates acalorados sobre escravidão, cor, raça e força de trabalho, assimilação, extermínio e preservação cultural afro-indígena não fizeram parte, contudo, apenas da oratória de antigos intelectuais do império e dos primeiros anos da nossa república. As dinâmicas de celebração da cultura expressiva e de controle étnico-racial são temas vivos e inquietantes até hoje, encontrando-se diariamente nas agendas políticas, nas notícias e no cotidiano do Brasil.

Neste curso acompanharemos a construção das ideias conjuntas  de raça, povo e de nação, sempre fazendo relações entre os debates históricos e o nosso momento atual. Serão revisitados, dessa forma, desde os clássicos do pensamento racial e nacional brasileiro (Joaquim Nabuco, Sylvio Romero, Mário de Andrade, Gilberto Freyre, Abdias do Nascimento, etc.) até  o desenvolvimento das ações afirmativas, as discussões sobre patrimônio imaterial e os assassinatos recentes de lideranças políticas negras e indígenas.

 

clique para expandir
Objetivos

O objetivo principal deste curso é familiarizar os alunos com as principais ideias que nortearam os debates raciais e a problemática nacional no Brasil dos últimos dois séculos, sempre relacionando-as com as discussões e os dilemas do momento atual. 

O curso têm, ainda, 2 objetivos secundários de caráter prático-imediato. São eles: 

  • Apresentar aos alunos, em caráter introdutório, um panorama da literatura especializada sobre o assunto, com seus principais autores e suas discussões-chave;
  • Chamar a atenção dos mesmos para as dimensões sócio-raciais que permeiam continuamente a política e a vida cotidiana no Brasil.
Público Alvo

Estudantes, pesquisadores, gestores públicos e privados,  professores e  interessados em geral.

Conteúdo Selecionado
  • A persistência do racismo – A violência no Brasil e sua seletividade racial. A assimilação cultural generalizada e a rejeição das demandas étnicas particulares;
  • A posse e o domínio Demografia, escravidão e propriedade na América Portuguesa e no Brasil imperial.  Pureza de sangue, posse e domínio no mundo colonial ibérico;
  • As vanguardas do retrocesso – A independência nas Américas e o nacionalismo. A abolição nas últimas sociedades escravocratas: Cuba, Brasil e Estados Unidos. A construção de ideologias raciais-nacionais nesses três países;
  • O Racismo Científico – O racismo científico de Gobineau à Nina Rodrigues.  Projetos de branqueamento. Os defensores da eugenia: Oliveira Viana, Roquette-Pinto e Ellis Junior; 
  • A característica nacional do Brasil – A questão do negro e da força de trabalho pós-abolição: Joaquim Nabuco. A mestiçagem em Sylvio Romero, Euclides da Cunha e Gilberto Freyre. Jorge Amado e o campo de estudos afro-brasileiros;
  • A Arte Negra – João do Rio, Manuel Bandeira e Mário de Andrade. Samba e ambiguidade racial. Os bailes blacks, os blocos afro e o surgimento do MNU;
  • Singular nostalgia – Os museus do negro e da escravidão. Análise dos filmes “O Fio da Memória” de Eduardo Coutinho (1991), “Que horas ela volta” de Anna Muylaert (2015) e do samba-enredo “Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?” da Paraíso do Tuiutí (2018);
  • A busca por uma autonomia possível – Abdias do Nascimento e o modelo do quilombismo. A etnogênese afro-indígena no século XX: dos sertanistas e antropólogos aos líderes étnicos. Processos de patrimonialização.

 

Processo Seletivo

PROCEDIMENTO PARA INSCRIÇÃO
    ​
A inscrição não garante a efetuação da matrícula. A matrícula nos cursos somente será efetivada após o pagamento da primeira parcela ou do valor integral. 


REGRAS GERAIS

  • A matricula somente será efetuada após o pagamento, ou seja, o preenchimento da ficha de inscrição não garante sua vaga no curso;
  • Caso não seja atingido o mínimo necessário de inscrições para a realização do curso, a FESPSP tem o direito de cancelar a realização do mesmo. Caso esta situação ocorra, existe a possibilidade do aluno manter o valor pago como crédito para realizar o mesmo curso em nova data ou escolher outro curso. O crédito poderá ser utilizado pelo aluno no prazo máximo de 12 (doze) meses. Se o aluno preferir o reembolso, haverá devolução integral do valor pago;
  • No caso da ocorrência de cancelamento do curso por insuficiência de alunos, a comunicação será realizada através de email;
  • O não comparecimento do aluno às aulas não o exime do pagamento;
  • Todos os alunos com frequência mínima de 75% (setenta e cinco) do total das aulas ministradas, receberão o certificado de conclusão de curso;
  • Mais informações pelo telefone 3123-7800 ou 3123-7823 ou pelo email extensao@fespsp.org.br
Inscreva-se Coordenação
Carga Horária
32h
 
Data
Início: 12 de Maio de 2018. 
Término: 07 de Julho de 2018.
 
Docentes
Vítor Queiroz
 
Duração
8 aulas
 
Horário
Sábados, das 09h às 13h
 
Investimento
 
Opções de pagamento:
3x de R$371,33 no boleto ou 4x de R$278,50 no cartão de crédito.
 
Descontos
Alunos FESPSP possuem 40% de desconto;
Sócios CartaCapital, Ex-alunos e instituições conveniadas 20%.

 

Mapa do site

FESPSP
Institucional
Biblioteca
Tecnologia
Pesquisa
Extensão
Eventos
FAQ
Estude na FESPSP
Graduação
Pós-Graduação
Extensão
Debates Contemporâneos
 
2ª via do boleto/cartão
Agência FESPSP
Artigos
Comunicado
Eventos
FESPSP na mídia
Notícias
Palestras
Publicações
Seminário FESPSP 2017
Contato
Fale Conosco
Trabalhe Conosco
Localização
Ouvidoria

FESPSP nas redes sociais

FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

Rua General Jardim, 522
Vila Buarque - São Paulo - SP

11 3123 7800

© Copyright 2014 - FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

by HKL

Dúvidas?

Nós ligamos para você!

Envie seus dados através do formulário abaixo e nossos atendentes entrarão em contato com você!